sexta-feira, 28 de março de 2014

RESENHA:SINBAD CONTRA O OLHO DO TIGRE - 1977


SINBAD CONTRA O OLHO DO TIGRE - SINBAD AND THE EYE OF THE TIGER - 1977

O marinheiro Sinbad precisa conseguir a cura para a maldição que atingiu o príncipe Kassim, transformando em babuíno.

Para a cura, todos precisam viajar para a distante terra de Hyperboria, repleta de misticismo e perigos inenarráveis.

A maldição foi obviamente lançada pela bruxa Zenóbia, que invocará todos os feitiços ao seu alcance para impedir o feito de Sinbad.

Bruxedos, bestas mitológicas e pré-históricas são os obstáculos que nosso navegador muçulmano favorito terá que enfrentar.

-x-

O último filme decente de Sinbad, que conta com o consagrado "clima mitológico Harryhouseano", para a alegria dos fãs.

O filme é um pouco mais fraco que os dois anteriores, mas tem seus momentos simplesmente inesquecíveis para os adeptos da fantasia.

Tanto que em 1978 ganhou o prêmio "Outstanding Stop Motion Animated Film" do "SATURN AWARDS", criado pelos americanos para contemplar os melhores filmes de Ficção-Científica, fantasia e Horror. 


Também foi indicado como "Melhor filme de fantasia" e "Melhores efeitos especiais", além de "Melhor atriz" para Margaret Whiting, que fez a bruxa Zenóbia, além de uma indicação para "Melhor figurino". 


Duas beldades dão o ar de sua graça nessa produção: Jane Seymour e a lindíssima Taryn Power (filha do lendário Tyrone Power).

Aliás temos aqui mais um outro filho de celebridade artística: O próprio Sinbad, Patrick Wayne, filho do lendário John Wayne.


No panteão dos monstros do mestre Ray Harryhausen, temos em "Stop-Motion" o macaco babuíno em que o príncipe se transformou, as criaturas fantásticas "Minoton", um minotauro de metal, um trio de violentos demônios anões, uma morsa pré-histórica gigantesca, Trog, um troglodita gigante COM CHIFRE!, e um tigre dente-de-sabre peludão.

Delírio total!




PERGUNTO: QUANDO FARÃO OUTRO FILME DE SINBAD NO NÍVEL DESSES ANTIGOS? A COMPUTAÇÃO GRÁFICA ESTÁ AÍ, SOMENTE ESPERANDO ALGUÉM DE ATITUDE!

Nota 7