sexta-feira, 1 de março de 2013

RESENHA: KEN PARKER 75 - JOGO DE MENTIRAS



SINOPSE:

Parte 2
Enquanto Ken Parker aproveita sua pequena temporada de tranqüilidade trabalhando numa fazenda, Pavel se une à assassina Fanny para pegar os marginais a cabeça à prêmio, desencadeando um tremendo tiroteio e perseguição nas ruas.

No final, Ken ainda precisa escapar ileso da caçadora implacável.

Mais uma vez, as aventuras de Ken são mostradas pela ótica dos escritos em posse do Sr.Buntline, como se fosse flashback.

Simultaneamente, Ted Parker, o filho de Ken com a índia Tecumseh, junto a Belle McKeever e o marido (ver CHEMAKO, AQUELE QUE NÃO SE LEMBRA), chegam de Boston e interpelam Buntline pelo paradeiro de Ken Parker.

-x-

Simpática aventura, muito bem dosada, muitas vezes leve, outras violenta, que mostra o apuro dos realizadores, que sabem definitivamente contar muito bem uma história tão repleta de personagens variadíssimos.

É muito gratificante vemos as pontas dos laços irem se amarrando, quando personagens de aventuras antigas surgem envelhecidos, trazendo uma aura de veracidade a toda a saga.

Nota: 8
Para ler somente postagens filtradas com KEN PARKER, clique aqui embaixo ao lado de "Marcadores" em "Ken Parker"