segunda-feira, 22 de julho de 2013

RESENHA WW2: 24 - UMA PONTE LONGE DEMAIS


UMA PONTE LONGE DEMAIS

SINOPSE:
A preparação e a execução da grandiosa operação “Market-Garden”, onde podemos acompanhar as violentas batalhas entre aliados e nazistas, mas o enfoque maior é para os soldados ingleses...

-x-

Um filme espetacular, onde uma verdadeira legião (de soldados e de estrelas do filme) tenta apressar o fim do domínio nazista na Europa.

Devido à famosa disputa entre o General Patton e o General Montgomery, que queriam ser glorificados por tomarem Berlim, o futuro presidente americano, o então Comandante Supremo das Forças Aliadas, General Eisenhower cede ao plano de Montgomery de montar um ataque definitivo aos Países Baixos, e depois chegar à Alemanha, derrubando enfim o nazismo, o que não conseguiram (Os Russos chegaram primeiro).

Todo esse interessante contexto histórico é mostrado em vídeos da época, logo no início do filme, nos preparando para o enredo verídico.

O filme tem talvez a melhor cena de salto de paraquedistas que já vi em filmes de guerra, com milhares de extras, e tantos aviões que parece que estamos diante de uma máquina do tempo vendo realmente aquele momento histórico.

As batalhas são empolgantes, e a história mostra em detalhes quais os motivos da Alemanha ter vencido a ambiciosa operação.

Atenção à longa e movimentada batalha final, na fatídica ponte de Arnhem, segurada pelos nazistas até o fim.

Nota 9
Para ler somente postagens da maratona WW2, clique aqui embaixo ao lado de "MARCADORES" em "WW2"