quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

RESENHA: KEN PARKER 54 - BOSTON



SINOPSE:
Viajando para Boston de trem para ver seu filho Teba, Ken Parker se vê às voltas com um assassinato e um roubo misterioso, enquanto se une a vários detetives famosos para solucionar o caso.

Porém, somente em Boston, depois de reencontrar o filho é que assistimos ao desenlace do mistério.

-x-

Um dos mais divertidos episódios da saga de Ken Parker, além de ser um dos mais atípicos.

Em toda primeira parte, que se estende por mais da metade da história, temos um "crime no expresso" típico, com direito a participações especialíssimas de famosos detetives da literatura, como Sherlock Holmes, Hercule Poirot, Lance Vance, Arsene Lupin...

A atmosfera é de homenagem às grandes histórias de detetive. O resultado ficou muito bom mesmo!

Já perto do final, depois da chegada em Boston, temos um momento muito emocionante, quando do encontro com nosso herói com o filho. Sem nenhuma vergonha de admitir, eu precisei engasgar umas três vezes para segurar o nó da garganta, tal a maneira tocante que o genial Berardi nos apresenta os rumos da trama.

Mais no finalzinho, uma volta ao mundo romântico, com direito até a uma homenagem ao filme do gorila King Kong!!! TUDO ISSO NUMA HISTÓRIA DE 100 PÁGINAS!!! 

A imaginação de Berardi é realmente prodigiosa! Dá para perceber que ele tem um verdadeiro emulador de realidade dentro da cabeça, onde qual um enxadrista, pode guiar seus complexos movimentos de personagens.

NOTA 10